Lugares do mundo para comemorar o Mês Mundial do Veganismo

Mês Mundial do Veganismo

Mês Mundial do Veganismo

Comemore o Mês Mundial do Veganismo ao longo de novembro ao escolher uma acomodação voltada aos veganos.

Uma pesquisa da Booking.com, líder mundial em conectar pessoas com opções incríveis de lugares para ficar, revela que mais de 6 em cada 10 viajantes (61%) informam que escolhem um destino devido à ótima gastronomia.

* Não há como negar a importância de viagens gastronômicas, com mais de um terço (34%) dos viajantes globais – 40% dos millennials – planejando fazer uma viagem dedicada ao turismo gastronômico em algum momento neste ano.*

De acordo com a pesquisa, um décimo dos viajantes mundiais se preocupa com o fato de que suas restrições alimentares não sejam atendidas, enquanto quase metade (49%) dos viajantes ainda procura ser mais aventureira com as escolhas culinárias quando estão viajando. Esse número aumenta para 60% com os millennials.*

A Booking.com analisou entre seus mais de 29 milhões de anúncios, incluindo mais de 5,6 milhões de casas, apartamentos e outros lugares únicos para ficar, em mais de 141.000 destinos no mundo todo para fazer um resumo dos melhores destinos para culinária vegana com as melhores acomodações.

Mês Mundial do Veganismo

Chiang Mai, Tailândia

Chiang Mai fica no meio das montanhas do norte da Tailândia, onde grande parte da cidade ainda dispõe de peças antigas.

A tradição tailandesa de usar pouca ou nenhuma carne nas preparações culinárias resultou em uma cidade repleta de deliciosos restaurantes veganos.

Onde se hospedar: o Green Tiger Vegetarian House oferece culinária vegetariana e também uma variedade de excelentes pratos veganos em seu restaurante.

A pousada fica perto de pontos turísticos locais como o Templo Wat Lok Molee e o Mercado de Chang Puak.

 

Canggu, Indonésia

Situado no litoral sul de Bali, Canggu é uma região de resorts em desenvolvimento, repleta de comidas saudáveis e restaurantes veganos.

Canggu é também o paraíso dos surfistas e famosa por suas grandes ondas – perfeitas para surfistas do mundo todo.

Onde se hospedar: o The Bed by the Sea fica a 6 minutos a pé da praia e perto das ruas animadas de Canggu, repletas de opções de comidas veganas.

Longe da agitação, os hóspedes podem relaxar na piscina, descansar no jardim da acomodação ou se deliciar com os pratos veganos servidos no café da manhã.

 

La Laguna, Nicarágua

A Nicarágua é um ótimo destino para os amantes de comida, cheio de pratos tradicionais com ingredientes locais – o que é ótimo para veganos, pois há uma variedade de frutas frescas e pratos locais, incluindo o Gallo Pinto (arroz e feijão) e o Buñelos (bolinhos com caramelo).

La Laguna é uma reserva natural na Nicarágua onde os barcos motorizados não são permitidos, o que torna o local um cenário perfeito para as férias. La Laguna é um refúgio tranquilo para quem quer descansar e relaxar.

Onde se hospedar: o Apoyo Lodge está localizado bem ao lado do lago e dá acesso direto à lagoa e atividades de bem-estar. Além de aulas diárias de ioga, o chalé tem um restaurante com opções veganas e sem glúten.

 

Roma, Itália

A capital da Itália concentra comidas deliciosas, lindas obras de arte e arquitetura deslumbrante, além de ser o lar de maravilhosos restaurantes veganos e comidas de rua, tudo isso graças aos chefs e produtos locais renomados.

Entre as idas ao Coliseu e Panteão, passeie entre os famosos mercados de rua, incluindo o Campagna Amica del Circo Massimo, onde é possível degustar algumas iguarias.

Onde se hospedar: para uma hospedagem de luxo em Roma, que tal o Hotel Raphael – Relais & Châteaux? Além de desfrutar de uma hospedagem 5 estrelas, vistas panorâmicas de Roma e famosos pontos turísticos a uma curta caminhada, o hotel também oferece opções de refeições veganas.

 

Sydney, Austrália

Maior cidade da Austrália, Sydney é cheia de pontos turísticos famosos, opções de passeios litorâneos e um dos melhores parques nacionais do mundo.

Sydney também é conhecida por seus restaurantes e bares premiados, perfeitos para os viajantes que adoram comer bem.

Onde se hospedar: intitulado como o primeiro hotel vegano da Austrália, o Ovolo Woolloomooloo tem um restaurante vegano no local, o Alibi, operado pelo renomado chef vegano Matthew Kenney.

Além do restaurante vegano, os hóspedes podem desfrutar da piscina, academia, serviço de concierge e frigobar gratuito.

 

Pesquisa encomendada pela Booking.com, conduzida de forma independente entre uma amostra de adultos que viajaram nos últimos 12 meses/planejam viajar nos próximos 12 meses. No total, 56.727 pessoas foram entrevistadas (mais 2.000 da Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, Alemanha, Espanha, França, Hong Kong, Indonésia, Índia, Itália, Japão, Coreia do Sul, México, Malásia, Países Baixos, Portugal, Rússia, Singapura, Tailândia, Taiwan, Reino Unido e Estados Unidos e mais de 1000 da Dinamarca, Croácia, Suécia e Nova Zelândia). Os entrevistados responderam uma pesquisa on-line em outubro de 2017