Mau hálito? O mau cheiro pode ser um aviso

mal hálito, saúde bucal, melhorar o hálito

Muitas pessoas sofrem com o mau hálito, também chamada de halitose, um sintoma que indica que algo não anda bem em sua escovação ou pela falta dela. Há muitas causas para esse sintoma, desde a mastigação de alimentos com aromas fortes, até sintomas gastrointestinais.

Portanto, para a boa escovação, é indicado usar anti-sépticos bucais recomendados pelo seu dentista. Sendo eles essenciais para que a halitose possa ser eliminada e para que você possa também ter um hálito fresco e agradável para você e para todas as pessoas.

Sabemos que ter um sorriso branco e um hálito agradável é essencial para as nossas conquistas e relacionamentos sociais, portanto, evitar o mau hálito e ficar atento aos principais fatores que causam a halitose são os principais objetivos do artigo.

O mau hálito

Como começa o mau hálito?

Há mais de 40 causas para a halitose e problemas relacionados ao mau cheiro bucal, sendo esse um dos principais fatores que indicam a halitose, e que também indicam que algo está faltando em sua escovação e em sua limpeza dental.

A higiene bucal inadequada é um agravante para o problema, pois permite que restos de alimentos se acumulem entre os dentes, na língua e na gengiva. O acúmulo de resíduos faz com que as bactérias que já existem naturalmente na boca dissolvam as partículas de alimentos e assim liberem um forte odor.

Assim, para prevenir o mau hálito, é necessário manter uma boa escovação para combater a placa bacteriana (outra condição que contribui para a halitose), portanto, há a necessidade de removê-la frequentemente com a escovação regular dos dentes e da língua.

Dicas para prevenir

O que você precisa fazer para prevenir o mau hálito?

Para prevenir a halitose, além da escovação diária, é importante que você passe pelo seu dentista frequentemente para saber se o problema está apenas relacionado ao mau hálito da formação da saburra e da placa bacteriana, ou poderá ser algum problema menos superficial, que se inicia na digestão.

Assim como ir ao dentista é necessário também combater os sintomas preliminares da halitose como a escovação da língua e dos dentes de forma regular, de modo a eliminar a placa bacteriana e assim garantir um hálito fresco e os dentes brancos.

Também há disponível anticéptico bucais que podem ajudá-lo a ter um hálito mais fresco e agradável, porém, não é recomendado o uso de anticépticos bucais por períodos superiores a 1 mês, pois eles podem fazer mal ao estômago e dificultar a digestão.

Logo, para prevenir o mau hálito, é necessário que você escute as orientações do seu dentista, mantenha uma boa e freqüente higiene bucal, utilize o fio dental regularmente (pois as placas bacterianas causam mau cheiro) e também que utilize os anticépticos bucais recomendados pelo seu dentista.

Redação – Cultura Alternativa

Escovação dos dentes deve ser feita pelos pais até os oito anos de idade