Mídia impressa ou mídia web. Qual o futuro do jornalismo mundial?

mídia

Mídia e seu futuro. Os recursos tecnológicos tem afetado todas as áreas profissionais e isso tem causado várias discussões. Nesse contexto, a mídia também foi afetada e dessa forma, abriu espaço para um novo jeito de divulgar a notícia através dos canais da web.

Nesse contexto, aumenta o número de profissionais que trabalham no meio jornalístico e vivem um momento de adaptação visando transição do meio de comunicação impresso para a web.

Mas será que os meios de veiculação impressa irá acabar? Entenda qual será o futuro do jornalismo mundial.

Sobre a Mídia Impressa

A mídia impressa é um meio de publicidade tradicional captando sua atenção através de jornais, revistas, outdoors, flyers, entre outros canais físicos que chegam até as mãos do consumidor.

Uma pesquisa encomendada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) revelou que no ano de 2010, 46,1 % dos brasileiros ainda liam jornais, já as revistas eram consumidas por 34,9 % da população, um número bastante reduzido se levarmos em consideração a história do meio de comunicação impressa.

O fato é que a mídia impressa é muito cara, consumindo assim, uma grande verba de comunicação das empresas, que poderia ser utilizada de outras maneiras para conquistar novos clientes.

Além disso, o valor de jornais e revistas tem se tornado cada vez mais caro, uma vez que o número de assinantes tem diminuído gradativamente e assim, o custo é maior para produzir esses materiais.

O que aconteceu é que houve um grande movimento migratório em massa para as redes sociais com o advento e expansão da internet, e se até há alguns anos grande parte da população não tinha acesso a ela, hoje é possível estar conectado a qualquer hora e em qualquer lugar através de um celular.

O crescimento da mídia Web

A mídia web então vem crescendo de forma desenfreada, superando distâncias e alcançando inúmeros usuários conectados ao mesmo tempo.

A Pesquisa de Mídia Brasileira, realizada no ano de 2015, mostra 67 % dos usuários da internet a utilizam para se informar. Além disso, o brasileiro já ficava em média 4h59 por dia na internet, sendo que 72 % dos usuários de internet acessam ela todos os dias.

Outro dado interessante da pesquisa, mostra que o público jovem possui um fluxo mais intenso nas redes sociais, sendo que 65 % da população entre 16 e 25 anos fica em média 5h51 na internet durante os dias da semana.

Dessa forma, nota-se que a grande maioria dos consumidores de todas as faixas etárias está na internet, o que torna a mídia da web mais atrativa, sendo essa, uma forma de alcance bem maior do público alvo de qualquer empresa.

Ademais, os custos com anúncios bem como, pessoal e recursos da mídia da web se tornam bem menores se comparados aos da mídia impressa. A internet e os seus meios tecnológicos de alcance e expansão mostram que de fato, a mídia da web é o jornalismo do futuro.

Redação Cultura Alternativa

Acompanhe as ultimas noticias