Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo

Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo

Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo

Embaixada da Nicarágua no Brasil participa da 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo


O evento acontece entre 1º a 30 de setembro e com filmes de 21 países. Os documentários nicaraguenses a serem exibidos são: “Lubaraun” (18/09, às 19h) e “The Black Creoles: Memories and Identities” (24/09, às 19h)

A 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo acontece virtualmente entre 1º a 30 de setembro e com filmes e documentários de 21 países.


Um dos destinos que oferecem duas produções cinematográficas é a Nicarágua, representado por sua Embaixada no Brasil e o consulado honorário na capital paulista.

O país é o único representante da América Central no festival, organizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Secretaria de Relações Internacionais de São Paulo e O Melhor da Cultura SP.

Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo

Os documentários nicaraguenses a serem exibidos são: “Lubaraun” no dia 18/09, às 19h, e “The Black Creoles: Memories and Identities”, em 24/09, às 19h. Ambas produções estarão disponíveis no link da mostra desde a datas de suas estreias até o fim de setembro.

“Apresentar-lhes os filmes nicaraguenses é muito importante, pois revelam um pouco da cultura, história, tradições, comida, música, dança, sua diversidade e os desafios que têm as comunidades caribenhas e indígenas de meu país. Também oferecem ao público em geral a chance de conhecer mais a cinematografia da Nicarágua”, revela Lorena Martinez, Embaixadora da Nicarágua no Brasil. “Nesse sentido, sinto muito orgulho em compartilhar os documentários de duas mulheres, María José Alvarez e Clarissa Hernandez, que têm realizado vários trabalhos desta arte na Nicarágua”, finaliza a diplomata.

“Lubaraun”, oferece um valioso testemunho da história e da cultura da comunidade garífuna radicada em Orinoco, interior da Nicarágua, pois relata o comovente reencontro de um ancião desta etnia nicaraguense com seus ancestrais em Honduras.

Com um trabalho fotográfico e fonográfico surpreendente, o filme destaca a visão de mundo e a herança deste povo em seu modo de vida particular e humanístico.

Já “The Black Creoles: Memories and Identities” ou “Os crioulos negros” segue uma temática similar apresentando a história dos afrodescendentes nicaraguenses da costa caribenha.

O filme reúne diversos depoimentos sobre costumes ancestrais, sonhos e desafios enfrentados por eles. Produzidos pela Luna Films, os dois documentários foram coordenados pelas cineastas María José Álvarez e Martha Clarissa Hernández.

SERVIÇO:

1a Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo

Data: De 1º a 30 de setembro de 2020

Filmes nicaraguenses: – 18/09, 19h, “Lubaraun” e 24/09, 19h – “The Black Creoles”.

SITE – CULTURA EM CASA