Moxy, Downtown, Nova York, um hotel design moderno com nome invisível

Moxy

Moxy Hotel em Manhattan, Downtown, moderno com novos conceitos e concepções.

Ficamos encantados e ao mesmo tempo renovados, pois, tivemos que dar um jeito moderno para guardar nossas roupas nos ganchos das paredes, não há armários.

Não há cofre, há uma espécie de gaveta escondida debaixo da cama que representa o cofre.

Tudo aqui é diferente dos hotéis que ficamos nesta viagem, principalmente, do último o Washington Square Hotel.

Esta é a beleza do trabalho do Cultura Alternativa, vivenciar caminhos diversos que contagiam e embriagam a vida.

Moxy Hotel em Manhattan -Recepção

A recepção é minúscula. O nome do hotel quase invisível, do carro só é visto quando se estaciona na frente. 

O lobby é lounge bar aberto ao público. Imaginem um lobby bar intrigante, interessante, aberto ao público externo, uma nova concepção de recepcionar.

Tivemos uma experiência assim em Nova Orleans, quando estacionamos o carro e o lobby era no sexto andar.

Também num hotel que ficamos perto do Central Park, no lobby tinha uma boate. Aqui, no Moxy, o terceiro andar é um show permanente. 

De quarta a sábado a partir das 17h drinks em promoção e a partir das 19 lounge para agitar o coração.

O check in, a primeira impressão, no térreo, é de total decepção.

Já a segunda, no lobby bar, foi a mais bonita desta viagem.

Quarto

O Quarto ultra moderno, mas, sem guarda roupa.

Existem uns ganchos na parede onde você guarda as roupas e existe cerca de três cabides para ternos e vestidos.

O melhor do quarto é a variação dimerizada de luzes.

Há luz para todo tipo de sentimento e ação. A arquitetura é ultra moderna, bem como, os quadros, como também no banheiro.

A placa de não perturbe também é chocante.

Enfim…. Tudo moderno, com o lado positivo e negativo da modernidade.

Os descolados vão amar, os tradicionais odiar.

Moxy Hotel em Manhattan Localização 

Perto de tudo no Distrito Financeiro.

Do Century 21, loja preferida dos brasileiros, do famoso World Trade Center.

Agora fica numa rua sem expressão, escura, pequena, mas, nas ruas em volta só há maravilhas. Perto da moderna estação Fulton, belíssima sob todos os aspectos. Com diversas entradas cobrindo bem diversas ruas do bairro financeiro.

Ficando neste hotel você estará bem servido de metrô.

Fitness Center

Aparelhos Gym, espaçosa, foi a primeira em que vimos um bicicleta de verdade e uma prancha de surf, onde você pode surfar e passear de bicicleta presos ao chão.

Fica no segundo andar entre a minuscula recepção e o lobby bar, só hospedes entram lá.

Tudo aqui é muito seguro e as chaves dão acesso à fitness e seu andar, mais, nada.

Ao lado do lobby bar, você tem uma meia quadra de basquete, para disputa entre amigos, simplesmente genial.

Gastronomia

Provamos da gastronomia. Entre 17 e 19 h há  promoção de bebida alcoólica como já dito. O DJ entra a partir das 19 h e a promoção acaba.

Sentamos no Lobbie a partir das 15 h e ficamos até 21 h.

Foi uma delicia, da calma a loucura. Vale a pena você curtir o ambiente.

E a comida, uma mescla da comida americana com a europeia, boa, mas, cara.

Agora não vale a pena sair, vale a pena gastar.

Atendimento

Descolado, jovens atendendo e atendendo bem.

Quando a musica ficou mais alta ficaram me perguntando se eu queria fechar a conta.

Creio que por causa dos meus cabelos brancos (risos).

Mas, o atendimento no todo foi muito bom, na há o que se criticar.

Acústica

A acústica  é excelente, não  há vazamento sonoro para os quartos.

Muito interessante este hotel cuja a inauguração foi em 2018.

Fotos

Filme

ANAND e AGNESAnand Rao e Agnes Adusumilli

Editores do Cultura Alternativa

As dicas em NYC