Ojigi (お辞儀): o costume japonês de se curvar

Ojigi (お辞儀): o costume japonês de se curvar

Ojigi (お辞儀): o costume japonês de se curvar

Em tempos de distanciamento social, aprender uma nova forma de cumprimento parece uma boa ideia, não é mesmo?!

Pensando nisso, vamos falar um pouco sobre o Ojigi, o costume japonês de se curvar.

Ojigi (お辞儀): o costume japonês de se curvar

No Japão, essa expressão corporal é utilizada em várias circunstâncias: quando você encontra ou despede-se de alguém, para agradecer ou pedir um favor, como um pedido de desculpas e em rezas ou adoração.

Japan House – São Paulo

No geral, a reverência é utilizada para se colocar diante do interlocutor demonstrando que você não é uma ameaça e, principalmente, que existe uma postura de respeito.

Esse costume surgiu a partir da tradição budista e passou a ser utilizado por toda a população, tornando-se parte essencial da etiqueta nipônica.

Ojigi (お辞儀): o costume japonês de se curvar

Existe uma série de regras sociais que ditam o modo como se deve inclinar o corpo de forma a evidenciar a sua posição hierárquica em relação ao seu interlocutor.

No cotidiano, o mais simples e que pode ser usada de modo informal é curvar-se cerca de 15 graus (eshaku). Curvar-se cerca de 30 graus (keirei) é comum para demonstrar respeito a alguém mais velho ou com cargo superior ao seu.

Já a forma mais respeitosa é a reverência de 45 a 70 graus (saikeirei), que demonstra profundo respeito ou arrependimento. É importante também lembrar-se que é necessário manter a postura ao realizar a reverência, e evitar curvar-se enquanto fala ou caminha, demonstrando total atenção para a realização desse ato.

Com informações da Japan House

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.