‘OLHOS NO DESERTO’ MOSTRA O AMOR ATRAVÉS DA TECNOLOGIA

‘OLHOS NO DESERTO’

OLHOS NO DESERTO MOSTRA O AMOR ATRAVÉS DA TECNOLOGIA E DAS DIFERENÇAS CULTURAIS

Romance de Kim Nguyen. A descoberta do amor através dos “olhos” de um drone. Esta é a história de “OLHOS NO DESERTO”

De um lado está Gordon (Joe Cole), nos Estados Unidos e, do outro, está Ayusha (Lina El Arabi) na África.

Gordon é um operador de robô de segurança em Detroit que cria uma relação com Ayusha, uma jovem do norte da África que está tentando escapar de seu noivado arranjado com um homem muito mais velho do que ela.

Os dois se conhecem através de um “robô espião”, equipamento no qual utiliza para monitorar o oleoduto de sua empresa. A partir deste encontro virtual que Gordon se mobiliza com o problema de Ayusha e pretende fazer o possível para tentar ajudá-la a fugir e começar uma nova vida.

Para o diretor, o filme é um “devaneio utópico”.  “Ele fantasia sobre quebrar as paredes da tecnologia que nos separam de muitas maneiras. É também um conto moderno sobre como os humanos se esforçam para envolver-se uns com os outros nesse vasto mundo, que, às vezes, é tão pequeno e tão distante”, diz.

Sinopse – ‘OLHOS NO DESERTO’

Uma história de amor pelos olhos de um drone. De um lado do mundo, no norte da África, há um deserto e um oleoduto sendo monitorado por um drone.

Do outro, na América, Gordon, o operador do drone, vê as paisagens e as cenas captadas por ele. Assim, acaba fascinando-se por Ayusha, uma jovem prometida a um homem mais velho a quem não ama. Apesar da distância e de seus medos, Gordon fará tudo o que pode para ajudar Ayusha a escapar de seu destino.

Acompanhe as dicas de cinema