Paulo Leminski – Vida e obra

Paulo Leminski

Paulo Leminski filho foi um poeta, escritor, literário, tradutor e professor que contribuiu para a história do Brasil com trabalhos que tangem a todos os campos das profissões que exercia.

Com uma grande intelectualidade e genialidade à frente do seu tempo, ele conseguiu trazer novas concepções e pensamentos à literatura e música brasileira.

Além disso, Leminski sempre teve um jeito próprio de escrever o que lhe conferiu grande notoriedade.

Paulo Leminski -Biografia

Com um pai de origem polonesa e uma mãe de origens portuguesa e indígena, Paulo Leminski nasceu no dia 24 de agosto de 1944, e desde muito pequeno indicou sinais de que teria uma carreira de sucesso.

Com 14 anos de idade foi para um Mosteiro localizado na cidade de São Bento, no estado de São Paulo e lá ficou pelo período de 1 ano.

Ele foi presença marcada no I Congresso de Poesia de Vanguarda em Belo Horizonte e foi ali que conheceu Haroldo Campos, com que fez amizade e parceria em diversas obras.

Leminski casou-se muito cedo, com 17 anos de idade, com a artista plástica Neiva Maria de Souza da qual divorciou-se no ano de 1968, sendo que no mesmo ano ele veio a se casar com a poetisa Alice Ruiz com quem viveu por 20 anos.

O mais interessante que depois de se casarem, Leminski e Ruiz voltaram a morar com a primeira mulher do poeta, e por lá ficaram por um tempo até a chegada do primeiro de 3 filhos: Miguel Ângelo.

O poeta teve uma vida muito criativa, onde foi também letrista e músico, tendo uma de suas composições gravadas por Caetano Veloso, no ano de 1981. Mas antes disso, já fazia sucesso com textos e poemas publicados em várias revistas diferentes.

Na década de 80 foi tradutor Petrônio, Alfred Jerry, Jonh Fante, Jonh Lennon entre outros pois falava 6 idiomas estrangeiros, entre eles, o japonês.

Leminski morreu prestes a completar 45 anos em complicações de uma cirrose hepática.

Obras de Leminski

A lista de obras de Leminski é muito vasta e inclui trabalhos poéticos, em prosa, biografias, ensaios, traduções, produções musicais, gravações em parceria e literatura infanto-juvenil.

Entre as obras mais famosas podemos citar a obra poética Distraídos Venceremos. Já na prosa, sua obra que teve mais destaque foi Catatau (prosa experimental). Além disso, pode-se incluir traduções como Pergunte ao Pó de Jonh Fante e a produção musical Varredura, gravada por Caetano Veloso.

Agnes Adusumilli – Redação do Cultura Alternativa