Pessoas estão lendo mais, mas indo pouco às livrarias

Livrarias poucas visitas e mais leitura

Livrarias poucas visitas e mais leitura

Estudo do mercado editorial mostra que o consumo de literatura mudou principalmente na pandemia.

Há anos o mercado editorial vem sofrendo significativos baques diante do avanço digital, mas a pandemia oferece um respiro para empresas que adaptam seus formatos de trabalho e se inserem no ambiente virtual, já que os leitores ganharam ainda mais tempo de leitura no período de distanciamento social.

Livrarias poucas visitas e mais leitura

Segundo levantamento realizado pela Nielsen Book em parceria com a Câmara Brasileira de Livros e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros, embora a indústria física tenha reduzido sua lucratividade, as livrarias digitais tiveram um crescimento estimado em 82% no comparativo entre 2019 e 2020, mesmo durante a recessão econômica causada pela pandemia de coronavírus.

Tal resultado é reflexo do cenário alimentado pelo contexto do momento atual, em que as pessoas veem com mais relevância a necessidade de investimento em hobbies como a leitura, por exemplo.

A constatação é de estudo feito pela rede social Twitter, que mostrou que no ápice da pandemia, em 2020, 41% das pessoas afirmaram estar lendo mais.

Carmen Pareras, diretora da Catapulta Editores, editora de livros com mais de 20 anos de atividade, que adaptou seu formato de comercialização no último ano, mostra seu ponto de vista sobre a situação do mercado editorial.

“A venda presencial ainda é essencial para boa parte dos leitores, mas não podemos fechar os olhos para os novos horizontes que se abrem nos canais de venda online. Iniciamos nosso e-commerce no início de 2020 e pudemos colher os frutos da venda direta em pouco tempo”.

A editora que hoje disponibiliza seu catálogo de títulos em loja online também aposta em parcerias com gigantes do marketplace, como, por exemplo, a Amazon.

“As pessoas continuam lendo e se interessando por novas histórias, mas a forma de consumo e leitura mudou.

É preciso se adaptar ao processo e explorar as possibilidades que o momento oferece”, complementa Carmen.

Os livros da Catapulta Editores podem ser encontrados no site da editora (www.catapultaeditores.com.br) e em livrarias físicas de todo o país, com opções promocionais a partir de R$9,90.

ACOMPANHE A EDITORIA DE LITERATURA