Prêmio Jabuti 2021 – Vencedores

Prêmio Jabuti - Cultura Alternativa

Prêmio Jabuti 2021


Prêmio Jabuti 2021 faz homenagem a Ignácio de Loyola Brandão

‘Sagatrissuinorana’, de Nelson Cruz e João Luiz Guimarães, ganhou como livro do ano

Nesta quinta-feira (25/11) os ganhadores da 63ª edição do Prêmio Jabuti finalmente foram revelados pela organização.

Livro do Ano
  • Sagatrissuinorana, de João Luiz Guimarães e Nelson Cruz | Editora: ÔZé Editora
Literatura

Conto

  • Flor de gume, de Monique Malcher | Editora: Jandaíra

Crônica

  • Histórias ao redor, de Flávio Carneiro | Editora: Cousa

Histórias em Quadrinhos

  • META: Depto. de Crimes Metalinguísticos, de André Freitas, Dayvison Manes, Marcelo Saravá e Omar Viñole | Editora: Zarabatana Books
Infantil
  • Sagatrissuinorana, de João Luiz Guimarães e Nelson Cruz | Editora: ÔZé Editora
Juvenil
  • Amigas que se encontraram na história, de Angélica Kalil e Amma | Editora: Quintal Edições
Poesia
  • Batendo pasto, de Maria Lúcia Alvim | Editora: Relicário
Romance de Entretenimento
  • Corpos secos, de Luisa Geisler, Marcelo Ferroni, Natalia Borges Polesso e Samir Machado de Machado | Editora: Alfaguara
Romance Literário
  • O avesso da pele, de Jeferson Tenório | Editora: Companhia das Letras
Não Ficção

Artes

  • Atlas Fotográfico da cidade de São Paulo e arredores, de Guilherme Wisnik, Henrique Siqueira e Tuca Vieira | Editora: AYO
Biografia, Documentário e Reportagem
  • A república das milícias: Dos esquadrões da morte à era Bolsonaro, de Bruno Paes Manso | Editora: Todavia
Ciências
  • Ciência no cotidiano: viva a razão. Abaixo a ignorância!, de Carlos Orsi e Natalia Pasternak | Editora: Contexto
Ciências Humanas
  • Sobreviventes e Guerreiras, de Mary Del Priore | Editora: Planeta do Brasil
Ciências Sociais
  • A razão africana: breve história do pensamento africano contemporâneo, de Muryatan S. Barbosa | Editora: Todavia
Economia Criativa
  • Prato Firmeza Preto: Guia Gastronômico das Quebradas de SP, de Amanda Rahra, Guilherme Petro, Milo Araujo e Jamile Santana | Editora: Énois Inteligência Jovem

Produção Editorial

Capa
  • Sul da fronteira, oeste do sol | Capista: Ana Paula Hentges, Bruno Miguell Mendes Mesquita, Gabriela Heberle e Sabrina Gevaerd | Editora: Alfaguara
Ilustração
  • Carona | Ilustrador: Guilherme Karsten | Editora: Companhia das Letrinhas
Projeto Gráfico
  • O Médico e o Monstro | Responsável: Giovanna Cianelli | Editora: Antofágica
Tradução
  • Divã ocidento-oriental | Tradutor: Daniel Martineschen | Editora: Estação Liberdade

Inovação

Fomento à Leitura
  • Slam Interescolar SP | Responsável: Emerson Alcalde
Livro Brasileiro Publicado no Exterior
  • Tupinilândia | Editora: Todavia e Editions Métailié

pilha de livros

Prêmio Jabuti

No Eixo Literatura, na categoria Romance Literário, estão entre os finalistas O avesso da pele, de Jeferson Tenório; Solução de dois Estados, de Michel Laub; Fé no inferno, de Santiago Nazarian; As sobras de ontem, de Marcelo Vicintin; O que ela sussurra, de Noemi Jaffe – todos publicados pela Companhia das Letras – e ainda: Suíte Tóquio, de Giovana Madalosso e Os supridores, de José Falero, ambos publicados pela Todavia; Maboque (Quelônio), de Tina Vieira; Maria altamira (Instante), de Maria José Silveira; e Nem sinal de asas (Patuá), de Marcela Dantés.

Em Romance de Entretenimento figuram editoras como Patuá, Coerência, Alfaguara, Penalux, Jandaíra, Avec, Malê e DarkSide.

Já no Eixo Não Ficção, na categoria Biografia, Documentário e Reportagem se destacam as obras […] metade é verdade – Ruth Escobar (Sesc-SP), de Alvaro Machado; A máquina do ódio (Companhia das Letras), de Patrícia Campos Mello; A república das milícias: Dos esquadrões da morte à era Bolsonaro (Todavia), de Bruno Paes Manso; Mataram Marielle (Intrínseca), de Chico Otavio e Vera Araújo e O Império dos gibis (Heroica), de Manoel de Souza e Maurício Muniz.

E no Eixo Inovação, na categoria Fomento à Leitura, foram selecionados projetos como o Desengaveta meu texto, Literatura que Cura, Lugar de Livros, Primeira Prateleira – Clube de Literatura Brasileira Contemporânea e Projeto Casinha de Livros Clara Beatriz.

Mais sobre o 63º Jabuti

Este ano, além de homenagear o autor Ignácio de Loyola Brandão, o Prêmio Jabuti trouxe uma nova organização para suas categorias. Agora, o eixo Ensaios chama-se Não Ficção.

Já o eixo Livro foi atualizado como Produção Editorial. E as categorias seguem separadas em quatro eixos: Literatura, Não Ficção, Produção Editorial e Inovação.

A lista completa com finalistas do prêmio você confere clicando aqui.

Concurso Literário | LITERATURA | livros | Prêmio Jabuti
Prêmio Jabuti

Acompanhe as dicas de leitura no site do Cultura Alternativa