Prêmio São Paulo de Literatura 2019.

Prêmio São Paulo de Literatura 2019

Prêmio São Paulo de Literatura anunciou no sábado (9) os vencedores da sua edição de 2019 e pela primeira vez há uma bicampeã, a autora Ana Paula Maia. No ano passado, ela foi premiada com a obra Assim na terra como embaixo da terra (Record) e este ano, foi escolhida por conta do livro

Enterre seus mortos (Companhia das Letras). A obra é uma mistura de novela policial, faroeste de horror e romance filosófico e conta a história de dois funcionários de uma empresa que recolhe cadáveres de animais num cenário que remete ao Brasil de 1980.

O romance foi encomendado pelo produtor de cinema Rodrigo Teixeira, que possui os direitos de adaptação. Na categoria Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2018, quem levou foi Tiago Ferro com O pai da menina morta (Todavia).

O livro conta de maneira sensível, a história de um pai lidando com o luto e tentando compreender os ecos dessa devastação na família e círculo de amigos dos pais. Ana Paula e Tiago levam para casa R$ 200 mil cada.

A cerimônia de premiação está marcada para o dia 4 de dezembro, no Palácio dos Bandeirantes (Av. Morumbi, 4.500 – São Paulo

Confira os finalistas da 12ª Edição do Prêmio São Paulo de Literatura:

Melhor Romance de Ficção de 2018

Alberto Mussa – A biblioteca elementar (Record)

Ana Paula Maia – Enterre seus mortos (Cia das Letras)

André de Leones – Eufrates (José Olympio)

Carola Saavedra – Com armas sonolentas (Cia das Letras)

Cristovão Tezza – A tirania do amor (Todavia)

Flavio Cafiero – Espera passar o avião (Todavia)

Ignácio de Loyola Brandão – Desta terra nada vai sobrar, a não ser o vento que sopra sobre ela (Global)

Martha Batalha – Nunca houve um castelo (Cia das Letras)

Mauricio Lyrio – O imortal (Cia das Letras)

Ronaldo Correia de Brito – Dora sem véu (Alfaguara)

Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2018

Daniela Stoll – Do lado de dentro do mar (Patuá)

Deborah Dornellas – Por cima do mar (Patuá)

Érico Nogueira – Contra um bicho da terra tão pequeno (Filocalia)

Fred Di Giacomo – Desamparo (Reformatório)

Giovana Madalosso – Tudo pode ser roubado (Todavia)

Gustavo Linhares – O infeliz das Costa Oca (Patuá)

Juliana Leite – Entre as mãos (Record)

Luciana Annunziata – Os cadernos do desencontro de Antônio Guerra (Quelônio)

Paulo Schmidt – Anjo negro (Cepe)

Tiago Ferro – O pai da menina morta (Todavia)

Prêmio São Paulo de Literatura 2019 – Inscrições abertas

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo abriu inscrições para a 11ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura.

Prêmio São Paulo de Literatura 2019 – Prêmio

O edital que reúne os termos e as condições do Prêmio São Paulo de Literatura 2019 foi publicado, hoje, no Diário Oficial do Estado de São Paulo, pelo Secretário de Cultura e Economia Criativa , Sérgio Sá Leitão.

O texto trata das inscrições, que estarão abertas por um período de 45 dias, compreendido entre 02-07-2019 a 15-08-2019, nos termos e condições estabelecidos no texto. Confira os detalhes, clicando aqui.

Prêmio São Paulo de Literatura 2019

As fichas de inscrição, declarações e demais documentos têm downloads disponibilizados abaixo:

Anexo I – Ficha de Inscrição – Pessoa física

Anexo II – Ficha de Inscrição – Pessoa jurídica

Anexo III – Declaração do Autor Estreante

Anexo IV – Declaração da Editora

Anexo V – Declaração do Autor – Circuitos

Sobre o Prêmio São Paulo de Literatura 2019

Criado em 2008, o Prêmio São Paulo de Literatura tem como objetivo estimular a produção literária de qualidade, valorizar o setor e favorecer a formação de leitores e escritores, reconhecendo grandes nomes e também novos talentos.

O edital está disponível nos Sites

 www.premiosaopaulodeliteratura.org.br www.cultura.sp.gov.br.

Os candidatos podem inscrever suas obras até 15 de agosto. Os finalistas serão anunciados na primeira quinzena de outubro, e os vencedores serão premiados em novembro.

As obras devem ser do gênero romance de ficção, escritas originalmente em português e ter sua primeira edição e impressão no Brasil em 2018, além de possuir formato impresso e ISBN. 

Na categoria “Melhor Livro do Ano”, poderão se inscrever autores que já publicaram romances anteriormente. Já na categoria “Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2018”, os escritores podem ter obras publicadas em outros gêneros, desde que o livro inscrito seja o seu primeiro romance de ficção.

Post Atualizado em 11.11.2019 as 20.37h

Acompanhe as dicas de leitura no site do Cultura Alternativa