Um espetáculo de Natal inigualável no Radio City Music Hall em Nova York com as dançarinas da Radio City Rockettes

Radio City Music Hall, Christmas Spectacular, Radio City Rocketes

Radio City Music Hall em Nova York começou a apresentar o Christmas Spectacular com as dançarinas da companhia Radio City Rockettes. Uma mega produção.

A percepção singular da nossa editora Agnes Adusumilli nos levou até este espetáculo e pagamos muito menos do que o preço normal marcando no mesmo dia.

Leia a matéria na íntegra e você verá como comprar ingressos bem mais barato, sem ficar na fila, através da internet.

Radio City Music Hall

Foi construído originalmente para ser o Metropolitan Opera House, mas, os planos originais foram cancelados em 1929 onde foi construido o Rockefeller Center. 

É a sede das Rockettes, companhia de dança de precisão dos EUA.

Foi projetado por Edward Durell Stone e Donald Deskey e tem como base arquitetônica o estilo Art Deco.

É composto de dois teatros, o International Music Hall e o Center Theathre.

O Music Hall tem 5.960 lugares e foi um grande sucesso até o ano de 1970 quando teve uma perda de patrocinadores e quase faliu.

Em 1078 o Radio City Music Hall foi designado marco da cidade de Nova York e os patrocinadores voltaram.

Neste período, retornou ao sucesso e nunca mais saiu.

O Music Hall foi restaurado e teve uma nova abertura com o salão renovado em 1999.

Radio City Rockettes

É uma companhia de dança de precisão.

Fundada em 1925 em St. Louis, Missouri se apresenta no Radio City Music Hall desde 1932.

Até 2015 a companhia de dança tinha uma empresa de turismo.

A sua popularidade vem do espetáculo que assistimos, o Radio City Christmas Spectacular que fazem desde 1933.

Apresentam-se anualmente no Macy’s Thaksgiving Day Parade em Nova York.

O grupo anualmente conduz o Rockette Summer, um intensivo para dançarinos que desejam trabalhar na companhia.

Ficamos realmente impressionados com a precisão dos passos e da coreografia da companhia. Demais.

Nunca vimos nada igual nos espetáculos ao longo da vida, para nós foi uma novidade ímpar que fez com que mudássemos nossa concepção sobre o improviso e passássemos a valorizar o ensaio.

Este é um grupo que tem o ensaio diário como arma do seu sucesso.

StubHub

É uma empresa de troca de ingressos de propriedade do Ebay desde 2007.

Faz a ponte entre vendedores e compradores de ingressos para esportes, shows, teatro e outros eventos ao vivo.

Começou nos Estados Unidos, mas, hoje atua em diversas cidades do mundo.

Localizada em São Francisco, foi fundada por Eric Baker e Jeff Fluhr, ex-alunos da Stanford Business School.

A partir de 2018, Sukhinder Singh Cassidy, se tornou Presidente da StubHub.

Fizemos o cadastro e a partir da agora será objeto de analise nos espetáculos que quisermos ir.

Os dois assentos que pegamos foram espetaculares em localização e preço.

Ficamos encantados com o trabalho da empresa.

Metrô acima de tudo

A cidade de Manhattan tem um trânsito insuportável, mas, o metrô é divino.

Você corta a cidade de sul a norte, leste a oeste.

Tem os metrôs intitulados “express” que param em menos paradas, apenas paradas com trânsito intenso, e são mais rápidos que os “locals” que param em todas as parados.

Fomos e voltamos de metrô sem problema algum e descobrimos mais uma.

Ande mais para o sul, norte, leste ou oeste e faça conexão em paradas intensas que o  metrô demorará muito pouco a chegar, pois, as opções são muito maiores.

Saiba também que raramente você vai andar muito em conexões, vai sim, subir e descer escadas.

Lembro que em Paris, as conexões eram distantes e isso fez com que criticássemos o metrô em um artigo.

O metrô de Nova York é divino e você compra o Metrô Card para uma semana por 33 dólares que dá direito a você andar de metrô e ônibus para onde quiser.

Além disso aplicativos diversos em smartphones ensinam como usar esse transporte, um show.

Organização Total

Voltando ao show “Christimas Spectacular” foi divino.

Entramos pela rua 51.

Tinham Três  entradas independentes.

Quando entramos não haviam Informantes de onde nosso assento se situava, mas, bastava ler o ingresso que você via que era no segundo mezzanino.

Ao chegar no andar fomos informados do local.

Na entrada há um detetor de metais, o que é normal nos teatros americanos, portanto, leve o celular e mais nada.

Lembre-se sempre que nos shows você não pode tirar fotos, pois, pode atrapalhar o espetáculo.

Na nossa área a funcionária chegou a ser estúpida ao solicitar que desligassem o celular, sentamos no mezzanino, no segundo andar na fileira G 101 e 102.

Imprimimos o ingresso no hotel e foi tudo ótimo.

Organização impecável.

Acústica Mediana

Depois, de ir ao Frederick P. Rose Hall, confessamos, a acústica do Radio City Music Hall, neste espetáculo, era mediana.

Não era impecável, mas, era mediana.

Ouvimos bem, agora garanto que se fosse impecável nos emocionaríamos mais com o espetáculo.

Palco Móvel

Simplesmente incrível. Havia uma orquestra acompanhando o bailado das Rockettes.

O palco se movia para cima, para baixo,  pra frente e atrás, realmente, um show. Nunca vimos um palco com tamanha mobilidade e possibilidade. Só mega espetáculos, como este têm um palco destes à disposição.

Radio City Music Hall

3 D

Óculos 3 D foram distribuídos para que assistíssemos o filme inicial.

Obviamente óculos descartáveis, mas, absolutamente funcionais.

Cumpriram com maestria sua função e emocionaram nossa editora com imagens que pareciam trazer flocos de neves até nossa mão.

As cenas forammuito bem feitas usando essa tecnologia que encanta.

Assento Confortável

No Frederick P. Rose o assento é terrível.

Este era muito bom, confortável, e com uma distância que respeita o bom senso humano quanto à fileira da frente.

A pessoa sentada na fileira da frente, apoiou o casaco no encosto e parte ficou na passagem não atrapalhou em nada.

Luz, Câmera, Ação

Luz, a iluminação do espetáculo era divina, singular, típica de mega espetáculos, usando inclusive a parede do teatro.

Câmera, apesar de ser proibida a filmagem por parte do público, um fotografo com uma câmera na mão, autorizado pela produção, iria se deliciar com a infinidade de imagens e cores deste espetáculo.

Ação, os atores trabalharam com profissionalismo típico da Broadway, simplesmente espetacular.

O Gorro, o gift 

Ganhamos um gorrinho de papai noel e olha que tudo é vendido nos Estados Unidos.

Vesti logo o meu e nossa editora vestiu no início do espetáculo.

Olha… Qualquer coisa de graça nos Estados Unidos, com o capitalismo à flor da pele, é muito difícil de acontecer.

A saída sem igual

Inúmeras saídas existem para escoar o público, tudo foi divino e absolutamente organizado. Um primor.

Pensamos que íamos enfrentar longas filas na saída.

Nada …. Foi rápido e sensacional o escoamento.

O espírito de Natal

O espírito de Natal nos emocionou por inteiro.

Entrou nos nossos corações e alma e contagiou nossos olhos que lacrimejaram, principalmente, quando o nascimento do menino Jesus foi o centro do espetáculo.

Incrível como o Espírito de Natal que se torna infinito dentro de você.

Nova York meu amor

Uma semana falta para partirmos de Nova York e já estamos com saudades.

Esta cidade é nosso grande amor.

ANAND e AGNESAnand Rao e Agnes Adusumilli

Editores do Cultura Alternativa 

As dicas em NYC