Regionalismo e literatura – Por Ediney Santana

Regionalismo e literatura

Regionalismo e literatura . Millôr Fernandes escreveu que quando uma ideia envelhece se muda para o Brasil.

Gosto dessa frase porque ela é tragicamente assertiva sobre nossa intelectualidade que deprimida e envergonhada de suas origens necessita de vozes estrangeiras que sustentem suas visões de mundo.

Necessitar dessas vozes não é o mesmo que manter um diálogo intenso e produtivo com o mundo, mas revela, como bem escreveu Nelson Rodrigues, o sentimento de capachismo intelectual o qual nomeou de sentimento de vira-latas.

Essa minha crítica ao comportamento intelectual de muitos brasileiros não é defesa de ojeriza ao estrangeiro, longe disso, é defesa de um diálogo com o mundo em que não me envergonho de ser quem sou. Se o mundo tem algo a me dizer, também tenho o que falar, sou todo ouvido, mas sou também ser de fala.

Pela direita ou esquerda o Brasil é intelectualmente cativo da Europa ou Estados Unidos, não olhamos e nem dialogamos com nossa latinidade, ignoramos nossos vizinhos latinos como nós também somos.

Escritores nordestinos de meados do século passado eram chamados de “regionalistas”. Termo racista e xenófobo para desqualificar a literatura produzida no Nordeste.

Ao adjetivar nossa literatura e música de regionais era o mesmo que dizer que éramos primitivos, incapazes de dialogar com o que a imprensa sulista e seus críticos chamavam de universais. Para essa gente, ser regional era ser ruim, a voz do povo nos romances, poesia e música causava certo asco nos parisienses sulistas.

O pecado dos escritores nordestinos era não produzir uma literatura carregada dos modismos europeus, a literatura moderna nordestina dava voz ao povo e isso era ofensivo para os modernos sulistas.

A literatura produzida no nordeste chamada de regionalista era poderosa e criativa, por isso mesmo sobreviveu, por isso mesmo venceu preconceitos e é hoje um dos mais importantes momentos literários do mundo sem precisar esconder seu sotaque e sua gente para ser aceita.

Regionalismo e literatura

✔ Por Ediney Santana, para o Cultura Alternativa

👉 acesse os – Artigos de Ediney Santana no Cultura Alternativa

📍 **Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha do Cultura Alternativa. 📍