Viagem de fim de ano? Saiba como!

Viagem de fim de ano?

Viagem de fim de ano? O saque do Fgts foi liberado é pouco para alguns sim mas que é um pontapé ou mesmo adianto em sua viagem.

Usar os R$ 500,00 do FGTS para adiantar gastos da viagem de fim de ano? Saiba como!

O Saque do FGTS, que foi liberado pelo governo federal, está sendo aguardado por muito brasileiros, principalmente para aqueles que pretendem pagar dívidas com o montante. 

Mas saiba que a espera não é só para pagar contas não, o valor liberado pode ser um incentivo para o brasileiro se programar e adiantar algumas despesas de fim de ano, como viagens, por exemplo.

Segundo especialistas da Câmbio Store, o valor liberado poderá desafogar em até 25% os gastos de quem vai viajar no fim do ano, isto é, para os destinos nacionais. Agora para quem pretende passar as férias fora do Brasil, pode chegar a 10%.

“Por se tratar de um dinheiro extra que cairá na conta, usá-lo para arcar despesas da viagem ajudará o viajante a não cair no vermelho ao retornar das férias de fim de ano. 

Por isso, se não tiver algo emergencial, estabeleça prioridades no seu planejamento financeiro e use parte do dinheiro, ou todo, para adiantar detalhes da viagem”, orienta José Marques da Costa, CEO da Câmbio Store.

Segundo o especialista, os R$ 500,00 do FGTS poderão ser usados para os seguintes gastos da viagem de fim de ano:

❌. Adiantar a compra de moeda estrangeira

Sabemos que a compra de dólar, euro e outra moeda estrangeira, nem sempre é fácil. 

A oscilação das moedas e altas taxas de conversão não contribuem para a compra, fazendo com que o viajante procure outras alternativas para isso, como por exemplo, a compra parcelada e o uso de cartão de crédito no exterior.

Usar os R$ 500,00 do FGTS para a compra de moeda estrangeira é uma boa opção, principalmente se o viajante deixar para cima da hora. 

So usar os R$ 500 para comprar dólar em espécie, que é a moeda mais levada em viagens internacionais, já são um pouco mais que 100 dólares disponíveis a mais para gastar na viagem

❌ Contratar seguro viagem

Seguro de vida é algo que o viajante sempre deixa para última hora. 

Usar os R$ 500 liberados pelo governo para a contratação desse serviço vai fazer com que o viajante economize e não precise tirar do seu planejamento financeiro. 

Geralmente priorizam-se as passagens aéreas, hospedagem, câmbio e por último o seguro viagem, se usar o FGTS, essa ordem será invertida. 

Vale lembrar que, o viajante precisa procurar a melhor opção custo-benefício de seguro, dependendo, ainda sobra algum dinheiro para destinar a outros gastos da viagem.

❌ Depositar no cartão-pré pago internacional

Diferente de levar o dinheiro em espécie nas viagens, o cartão-pré pago é uma segurança a mais para o viajante, pois não será necessário sair com dinheiro na carteira. 

Os R$ 500,00 do FGTS poderá ser depositado no cartão pré-pago,assim, o viajante não precisa se preocupar em levar em espécie toda vez que for almoçar no restaurante ou comprar algo na loja. 

Hoje já existem estabelecimentos em todo o mundo que aceita o cartão pré-pago internacional. 

O único ponto negativo em depositar o montante é a taxa de conversão, que costuma ser um pouco mais alta, mas vale a pena pela segurança oferecida.

❌  Ainda não sabe como usar os R$ 500,00 do FGTS em gastos da viagem? Apenas Reserve!

A reserva de emergência é essencial no planejamento financeiro de qualquer viajante, pois por mais que ele esteja ciente de toda a sua situação, imprevistos sempre acontecem. 

Por isso, deixar o dinheiro guardado em alguma conta, ou até mesmo na carteira, poderá ser um escape em situações de risco. 

Procure saber se o cartão que será usado é aceito nos estabelecimentos de outros países, caso precise utilizar a reserva. 

Depositar o montante em cartão pré-pago ou levá-lo para converter ao chegar também podem ser boas alternativas.

Não é todo dia que temos R$ 500,00 a mais em nossa conta, por isso, estabeleça prioridades e use o dinheiro com consciência!

Encontre um destino fantástico para sua próxima viagem.