Você conhece castelos em Portugal?

Você conhece castelos em Portugal?

Cinco castelos de tirar o fôlego no Centro de Portugal

Região portuguesa reúne conjunto de construções impressionantes

O Centro de Portugal está repleto de monumentos impressionantes.

De igrejas suntuosas a castelos medievais, passando por enormes conventos, são inúmeras construções capazes de tirar o fôlego de qualquer um.

Confira alguns dos castelos mais impressionantes desta região portuguesa.

Você conhece castelos em Portugal?

 

Almourol

Considerado um dos mais bonitos de Portugal, o Castelo de Almourol fica numa pequena ilha escarpada em meio ao rio Tejo.

É um monumento medieval que relembra a história da Ordem dos Templários e da Reconquista.

A visita vale ainda mais a pena porque, para chegar lá, é preciso fazer um curto passeio de barco.


Ourém

Em Portugal, esta foi uma das mais inovadoras obras de arquitetura militar do século 15. Imponente, é uma construção de respeito, tendo sido lar dos Condes de Ourém durante um período.

E, como fica no topo de uma colina, é visível de toda a cidade!

Leiria

Marcante na paisagem de Leiria, este castelo é um espaço agradável para passear, já que tem mais de uma atração: a Igreja de Nossa Senhora da Pena, os antigos Paços Reais, a torre de menagem e, principalmente, a maravilhosa vista da paisagem.


Sortelha

Na fronteira com a Espanha, esta construção foi importante para a defesa do território português no período medieval, já que sua posição permitia o controle de todo o vale.

Suas muralhas cercam a parte de Sortelha conhecida como “aldeia velha”, onde estão diversas casinhas charmosas, todas construídas em granito.


Tomar

É uma importante estrutura militar portuguesa.

Mais que isso, no entanto, conta um momento único da história do país, já que suas muralhas abrigam também o Convento de Cristo, sede de uma das ordens religiosas e militares mais emblemáticas do mundo: os Templários.



Sobre o Centro de Portugal

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território – ocupado por 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber.