Passageiros com deficiência serão isentos de excesso de bagagem

passageiros com deficiência, Equipamentos-para-mobilidade-não-contam-no-limite-de-bagagens

Passageiros com deficiência serão isentos de excesso de bagagem.

Equipamentos para mobilidade não contam no limite de bagagens

Foi publicado comunicado no Diário Oficial da União falando que os passageiros com deficiência serão isentos de excesso de bagagem ou porta-embrulhos de equipamentos que atendem sua mobilidade.

Ação que beneficia as pessoas que necessitam de algum equipamento para se transportar, podendo viajar de maneira tranquila e o melhor, não pagando taxas altas como era antes.

Vale ressaltar que esse decreto engloba tanto viagens aéreas (nacionais e internacionais) quanto as rodoviárias, os veículos deverão possuir plataformas ou rampas móveis e as companhias que descumprirem com as novas regras pagarão multas.

Os passageiros contarão com auxílio durante embarque e desembarque, tudo sem nenhum custo. As companhias deverão estar preparadas para atender as necessidades de seus clientes, oferecendo conforto, tranquilidade e agilidade durante todo o processo de sua viagem.

 

Quais equipamentos são isentos?

Os equipamentos inclusos nesse novo decreto são cadeiras de roda, bengalas, andadores, muletas e outros que são usados para a locomoção.

Todos os equipamentos não irão gerar excesso de bagagem, o passageiro poderá ficar tranquilo quanto a isso. Além do mais, os porta-embrulhos estão inclusos sem tarifa.

 

Legislação

O órgão que regulariza esse novo decreto é a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), além da isenção de taxas para os equipamentos, também será prestado atendimento prioritário sem taxas adicionais.

 

Benefícios para a população

Nossa população acaba pagando taxas e impostos para quase tudo o que fazemos, muitas vezes, precisamos viajar seja para férias ou para trabalho.

As pessoas com alguma deficiência enfrentam transtornos tanto durante a locomoção até os aeroportos quanto pelo processo de despacho dos equipamentos e a maneira como são locomovidas até as aeronaves.

Os benefícios para nossa população são muitos, começando pelo fato desses trâmites serem isentos de taxas, contarão também com o atendimento prioritário totalmente gratuito, o que auxilia em todos os passos do processo citado acima.

De maneira geral, este decreto levou um longo tempo para ser aprovado, muitas pessoas precisaram passar por situações difíceis antes da nova lei entrar em vigor.

Devemos pensar que o bem estar de todos será provido devido este novo decreto.

 

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério dos Direitos Humanos e ANTT

 

Redação CulturaAlternativa