Cultura Alternativa assistiu “O Menino que descobriu o vento” no Netflix

O Menino que descobriu o vento. Filmes no Netflix.

Um filme instigante e emocionante

Porque instigante? Porque mostra que todos podem vencer, dependendo da percepção e da inteligência, e também, da perseverança.

Porque emocionante? Porque é verdade tudo que é relatado no filme. Em sendo verdade, tudo está ao nosso alcance e podemos abarcar o mundo.

O Menino que descobriu o Vento – Sinopse

Sempre esforçando-se para adquirir conhecimentos cada vez mais diversificados, um jovem de Malawi se cansa de assistir todos os colegas de seu vilarejo passando por dificuldades e começa a desenvolver uma inovadora turbina de vento.

Filmes no Netflix – Ficha Técnica

Título original – The Boy Who Harnessed the Wind

Distribuidor – Netflix

Ano de produção – 2019

Tipo de filme – longa metragem

Idioma – Inglês

Cor – Colorido

Roteiro Adapatado por Chiwetel Ejiofor. A Trilha Sonora foi composta por Antonio Pinto. A Produção é de Andrea Calderwood, Gail Egan, Jeff Skoll, Jonathan King, Joe Oppenheimer, Phil Hunt e Crompton Ross. Diretor de Fotografia Dick Pope. Empresas envolvidas na comercialização Cornestone Films e Netflix. Produção BBC Films, Participant Media, Potboiler Production, Head Gear Films, Metrol Technology e Lipsync Productions. Distribuidor Brasileiro Netflix.

O Menino que descobriu o Vento – Nossa Opinião

A fotografia é belíssima, a produção perfeita, a música interessante, a distribuição Netflix dá acesso a todos, não é entediante em nenhum momento, é emocionante e possibilita a você lutar pelos seus ideais, idéias e conceitos.

Ficamos encantados com o filme sobre todos os aspectos e super indicamos.

Filmes no Netflix – Opiniões Diversas

Adoro Cinema conclui a crítica com o parágrafo abaixo:

Oferece o problema e a solução, como um professor generoso. Ao espectador não cabe fazer muito esforço: o filme o envolve, o faz rir e chorar, entregando as informações e a recompensa prometida. No entanto, manter o espectador em posição de passividade pode ser uma estratégia contraprodutiva quando se espera um aprendizado, algo que exige, por definição, uma postura ativa. É possível que o projeto, com suas belas imagens e boas intenções, funcione melhor como veículo de sensibilização do que de reflexão.

O Menino que descobriu o vento – Trailer

Anand Rao

Editor do Cultura Alternativa