LATAM Brasil retoma 82% da oferta de assentos

Voos pela LATAM Brasil - Cultura Alternativa

Voos pela LATAM Brasil

LATAM Brasil retoma 82% da oferta de assentos de domésticos em outubro com 478 voos diários

Voos pela LATAM Brasil, LATAM suspende voos entre São Paulo e Londres

Percentual resulta da comparação com a capacidade (em ASK) de outubro de 2019

 Em relação ao mesmo período de 2020, companhia mais que dobra (220%) sua oferta

Do Brasil ao exterior, aérea mantém retomada gradativa, com 25% da sua oferta de assentos de acordo com a abertura de fronteiras

Grupo Latam deve retomar em até 56% seu ASK em outubro

No Brasil, a LATAM vai operar em outubro com 82% da sua oferta doméstica de assentos (medida em ASK*) em comparação com outubro de 2019 (período anterior à pandemia).

Se comparado com outubro de 2020, a oferta de assentos da empresa vai mais que dobrar (220%) neste mês. Ao todo, serão 478 voos nacionais diários da LATAM no Brasil.

“Estamos cada vez mais próximos dos níveis pré-pandêmicos nos voos domésticos e atentos ao avanço do processo de vacinação contra a Covid-19. E a retomada não é diferente no internacional.

Embora mais lenta, já incrementamos rapidamente a oferta para os próximos meses mediante as recentes aberturas de fronteiras para o turista brasileiro”, afirma Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

Voos pela LATAM Brasil

O aumento da oferta é resultado da adição de mais 42 voos domésticos por semana neste mês na comparação com setembro, ligando cada vez mais o País a Guarulhos e Brasília, os seus principais hubs (centros de conexão) nacionais.

Os destaques da retomada da LATAM no Brasil em outubro vão para as seguintes rotas: São Paulo/Congonhas-Rio de Janeiro/Santos Dumont (cresce de 82 para 86 voos semanais); São Paulo/Congonhas-Curitiba (de 35 para 38 voos semanais), São Paulo/Guarulhos-João Pessoa (de 12 para 15 voos semanais), São Paulo/Guarulhos-Salvador (de 43 para 46 voos semanais), São Paulo/Guarulhos-Manaus (de 28 para 30 voos semanais), Rio de Janeiro/Galeão-Recife (de 10 para 12 voos semanais), Rio de Janeiro/Santos Dumont-Brasília (de 38 para 40 voos semanais), Brasília-São Paulo/Congonhas (de 47 para 49 voos por semana) e Brasília-Teresina (de 12 para 14 voos por semana) e Foz do Iguaçu-São Paulo/Congonhas (de 5 para 7 voos semanais).

Ainda neste ano, a companhia vai abrir mais 4 novos destinos no Brasil entre novembro e dezembro: Juazeiro do Norte (CE), Jericoacoara (CE), Petrolina (PE) e Vitória da Conquista (BA), encerrando 2021 com 49 cidades atendidas no país, 5 a mais do que operava antes da pandemia.

Voos pela LATAM Brasil

Voos internacionais a partir do Brasil

Do Brasil para o exterior, a LATAM retomou 25% da sua oferta de assentos (medida em ASK) em relação a outubro de 2019.

A retomada das operações soma-se à safra de bons resultados recentemente obtidos pela LATAM, que acaba de ser anunciada como a melhor companhia aérea da América do Sul na edição deste ano da Skytrax World Airline Awards, considerado o “Oscar” da aviação mundial.

O ranking considera todo o grupo LATAM, incluindo a LATAM Brasil, e é resultado de pesquisa de satisfação com passageiros de todo o mundo. Em agosto, a companhia retomou a liderança do market share no mercado doméstico brasileiro, segundo a ANAC, após diversas ondas de investimentos no país.

Além disso, continua sendo a empresa mais pontual do mundo desde 2018, segundo os principais rankings mundiais de On-Time Performance (Cirium e OAG). Em conjunto, esses resultados reforçam que a LATAM está mais eficiente, melhor e mais forte apesar dos desafios da pandemia.