Welcome to Cultura Alternativa   Click to listen highlighted text! Welcome to Cultura Alternativa
All for Joomla All for Webmasters

Aurora – Scarborough Fair

Scarborough Fair

A cantora norueguesa, Aurora Aksnes que está nas rádios brasileiras pois foi convidada pelo grupo Globo para gravar Scarborough Fair clipe da música de abertura de ‘Deus Salve o Rei’ .

 

Abaixo o clipe Scarborough Fair na voz de Aurora

 

Scarborough Fair

“Scarborough Fair” é uma canção tradicional inglesa de autoria desconhecida.

A canção teve muitos intérpretes e versões, sendo a mais destacada a gravação feita pela dupla Simon & Garfunkel
O nome Scarborough Fair é uma referência à feira de Scarborough, que, na idade média, era um dos maiores pontos de referência comercial da Inglaterra.

Abaixo o clipe Scarborough Fair na voz de Simon & Garfunkel

Scarborough Fair

Are you going to scarborough fair

Parsley, sage, rosemary and thyme

Remember me to one who lives there

She once was a true love of mine

 

Tell her to make me a cambric shirt

(A hill in the deep forest green)

Parsley, sage, rosemary and thyme

(Tracing of sparrow

On snow-crested brown)

Without no seams nor needlework

(Blankets and bedclothes

The child of the mountain)

Then she’ll be a true love of mine

(Sleeps unaware of the clarion call)

 

Tell her to find me an acre of land

(On the side of a hill

A sprinkling of leaves)

Parsley, sage, rosemary and thyme

(Washes the grave with silvery tears)

Between the salt water

And the sea strand

(A soldier cleans and polishes a gun)

Then she’ll be a true love of mine

 

Tell her to reap it

With a sickle of leather

(War bellows blazing

In scarlet battallions)

Parsley, sage, rosemary and thyme

(Generals order their soldiers to kill)

And gather it all in a bunch of heather

(And to fight for a cause

They’ve long ago forgotten)

Then she’ll be a true love of mine

 

Are you going to scarborough fair

Parsley, sage, rosemary and thyme

Remember me to one who lives there

She once was a true love of mine

 

Feira de Scarborough

Você vai à feira de Scarborough?

Salsa, sálvia, alecrim e tomilho

Isso me lembra alguém que vive lá

Ela outrora foi o meu verdadeiro amor

 

Diga a ela para me fazer uma camisa de cambraia

(Uma colina na profunda floresta verde)

Salsa, sálvia, alecrim e tomilho

(Rastro de pardal

Na crista de neve marrom)

Sem nenhuma costura ou bordado

(cobertores e roupas de cama

A criança da montanha)

Então ela será meu verdadeiro amor

(dorme sem perceber o chamado do clarim)

 

Diga-lhe para me encontrar um acre de terra

(No lado de uma colina

Um punhado de folhas)

Salsa, sálvia, alecrim e tomilho

(Lava a sepultura com lágrimas prateadas)

Entre a água salgada

E faixa de areia

(Um soldado limpa e pule uma arma)

Então ela será meu verdadeiro amor

 

Diga a ela para ceifar

Com uma foice de couro

(A guerra ruge ardente

Em batalhões escarlates)

Salsa, sálvia, alecrim e tomilho

(Generais ordenam a seus soldados que matem)

E juntar tudo em um feixe de urze

(E que lutem por uma causa

Há muito tempo esquecida)

Então ela será meu verdadeiro amor

 

Você vai à feira de Scarborough?

Salsa, sálvia, alecrim e tomilho

Isso me lembra alguém que vive lá

Ela outrora foi o meu verdadeiro amor

.

Click to listen highlighted text!