Welcome to Cultura Alternativa   Click to listen highlighted text! Welcome to Cultura Alternativa
All for Joomla All for Webmasters

Dicas para aproveitar a Páscoa na capital da Argentina

Destinos argentinos com a alta do dólar, Páscoa na capital da ArgentinaPáscoa na capital da Argentina

O próximo feriado se aproxima é a dica e passar uns dias da Páscoa na capital da Argentina.

 

Se tem um destino que caiu no gosto dos turistas brasileiros, esse lugar é Buenos Aires.

 

Bem pertinho do Brasil e com variedade de voos, a terra do tango é uma boa opção para quem deseja ficar fora apenas alguns dias e sem gastar muito.

 

Pensando nisso, trazemos algumas dicas do que fazer e visitar na cidade em quatro dias, período ideal para conhecer os principais pontos turísticos e atrações. Com um bom roteiro, dá pra ver e conhecer muita coisa.

Páscoa na capital da Argentina – O que visitar em Buenos Aires

Buenos Aires é uma boa cidade para ser explorada a pé, curtindo cada cantinho inesperado e as boas surpresas que vão surgindo pelo caminho.

Os bairros de Palermo, Puerto Madero e Recoleta são alguns exemplos de lugares para andar sem rumo e curtir toda a vibe da capital argentina.

Páscoa na capital da Argentina – Clima

Ela tem um clima agradável e pode ser visitada o ano todo.

No inverno, vá pronto para encarar baixas temperaturas. Faz frio por lá e as médias ficam em torno de 12ºC. Já no verão, esteja pronto para o calor: as temperaturas médias são de 24ºC, mas podem ultrapassar os 30ºC.

Páscoa na capital da Argentina – City Tour

Bora conferir o nosso city tour pela cidade?

 

Dia 1: Região Central, Casa Rosada e Calle Florida

Sugerimos que você comece o seu roteiro pelos lugares mais tradicionais da cidade. Bora dar início aos passeios pela região central? Símbolo de Buenos Aires, o obelisco fica na avenida 9 de Julio. Essa via, além de ser uma das principais da capital, é uma das mais largas do mundo. Só por essas informações, já vale conhecer, certo?

Depois de avistar o obeslico, dê uma passadinha no Teatro Colón, que oferece visitas guiadas diárias, entre às 9h e 17 horas. Saindo do prédio do teatro, basta caminhar uns 500 metros até a avenida de Mayo, onde fica a sede da Presidência da Argentina e do Congresso Nacional. Entre nela e siga sentido à plaza de Mayo. Bateu a fome? Faça uma parada no Café Tortoni, super tradicional do destino.

Chegando na plaza de Mayo, admire os edifícios históricos que ficam ao seu redor. Visite a Catedral Metropolitana e a Casa Rosada. Como o lugar é sede da presidência do país, as visitas guiadas são bem interessantes. Porém, elas só acontecem aos sábados, domingos e feriados.

Se estiver com tempo, visite também o Museu del Bicentenario, que tem entrada gratuita e fica do ladinho da Casa Rosada. Entre as peças expostas no acervo, estão objetos que pertenceram a vários presidentes argentinos.

Dando continuidade aos passeios do primeiro dia, dê uma andada pela simpática Calle Florida. Mas prepare-se para caminhar bastante. A rua é super extensa e há várias lojas, galerias e shoppings na região. A principal parada é no shopping Galerias Pacífico. Para terminar o passeio pela área, dê uma descansada na plaza San Martín, que fica no finalzinho dessa rua.

Para fechar o primeiro dia com tudo, assista a um show de tango. Opções de espetáculos não faltam. Dentre as principais casas de show estão o Tango Porteño e o Señor Tango, que oferecem espetáculos bem emocionantes e envolventes. Fique atento, pois é comum ter mais de uma faixa de preços para as entradas. Um valor somente para assistir ao show e outro para a opção show + jantar.

Não deixe de ir em uma casa de shows ou até mesmo ver as apresentações de Tango nas ruas

Dia 2: San Telmo, Caminito e La Bombonera

O tradicional bairro La Boca é o cenário do segundo dia de viagem. Logo de cara, visite o Caminito, a rua com as casinhas coloridas que são super hypadas. A região é bem turística por ser um verdadeiro museu a céu aberto com pintores, artistas, performistas, etc. O bairro tem também muitas lojinhas de souvenirs, bares e restaurantes.

Fãs de futebol vão amar um passeio a La Boca, onde está o estádio La Bombonera, do time de futebol Boca Juniors. Além de conhecer os gramados, os visitantes podem participar de visitas guiadas e conhecer o museu do Boca. Um detalhe interessante: o estádio recebe esse nome por ter a forma de uma caixa de bombons. Do Caminito ao estádio, dá para ir a pé.

De táxi ou de ônibus, vá até a plaza Dorego, em San Telmo. Aqui, você vai encontrar a melhor feira de artesanato da cidade, a Feira de San Telmo. São mais de dez quarteirões que se estendem pela Calle Defensa. A feira acontece sempre aos domingos e é um ótimo lugar para comprar lembrancinhas de Buenos Aires, como ímãs, canecas, camisetas, chaveirinhos, etc. Mas não hesite em visitar o bairro em outros dias, uma vez que ele tem uma vibe bem antiga.

Como será um dia com menos atividades, aproveite para conhecer e visitar lugares que estão fora do circuito mais tradicional da cidade.

Dia 3: Recoleta e Puerto Madero

Bora encarar mais um dia de muita caminhada? Os passeios do terceiro dia são focados em conhecer uma outra Buenos Aires. Por isso, eles se concentram pelos bairros de Puerto Madero e Recoleta. O legal é programar a visita a um deles pela manhã e a outro para o período da tarde. Os dois bairros ficam relativamente próximos e, por isso, dá para se deslocar entre eles de táxi ou de transporte público.

Puerto Madero é bem interessante para admirar as diferenças entre os edifícios modernos e as construções antigas. Aqui, o novo e o antigo ficam bem visíveis. A puente de La Mujer é um ponto obrigatório do bairro. Mais uma opção de passeio é a Fragata Sarmiento, uma embarcação transformada em museu naval. Outros principais destaques da região ficam por conta dos ótimos restaurantes.

A Puente de La Mujer é um dos principais cartões postais da cidade

O Cabaña Las Lilas, localizado na avenida Alicia Moreau de Justo, tem como ponto alto as carnes bem saborosas e caprichadas. Um dos pratos mais conhecidos da casa é o bife de chorizo. Se você gosta de restaurantes descolados e que seguem o estilo do Hard Rock Café, a boa pedida é o Johnny B. Good, que fica na mesma avenida. A casa tem decoração com a temática musical e pratos bem saborosos. Próximo daqui, os amantes da culinária italiana e da mediterrânea poderão se deliciar com o menu da La Parolaccia.

Também nesta via, outro lugar ideal para comer uma saborosa carne argentina é o Estilo Campo, concorrente direto do Cabaña Las Lilas quando o assunto é carne de boa qualidade. O El Mercado, na calle Martha Salotti, também é um restaurante de Puerto Madero que merece destaque. O lugar já chama atenção logo de cara, graças à decoração bem intimista. Vale a pena também tomar um sorvete na Freddo, sorveteria argentina mega famosa. Ah! Se o sabor escolhido for dulce de leche, melhor ainda!

Com a barriga cheia, é hora de irmos para o bairro da Recoleta. Um bom ponto de partida no bairro é o El Ateneo Grand Splendid, livraria que fica em um teatro bem antigo. Também é uma boa ideia começar o passeio pelo cemitério da Recoleta. O lugar, embora seja pequeno, abriga túmulos de ex-presidentes e de celebridades, como Evita Perón.

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) fica bem perto do cemitério. O local é voltado para a arte argentina, mas também integra o acervo de obras de Monet, Picasso e Van Gogh. Sua coleção pode ser bem legal para quem gosta do universo das artes e/ou de programações mais culturais.

Aqui perto, aproveite para conhecer a Faculdade de Direito da Universidade de Buenos e a Plaza Naciones Unidas. É nessa praça que fica a Floralis Generica, enorme flor feita de metal e que é um dos símbolos de Buenos Aires. Outra atração bem popular no bairro é o Jardim Japonês, que tem mais de 350 espécies de plantas do Japão.

Sobrou tempo? Considere a ida ao Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA). O museu tem foco na arte de países da América Latina. Se ainda houver disposição, visite o Shopping Paseo Alcorta, que fica próximo ao MALBA.

Dia 4: Teatro Colón e compras

Vamos passear pelo bairro de Palermo? Comece o seu dia na plaza Itália, onde você pode conhecer o zoológico de Buenos Aires. Passeio incrível para quem vai acompanhado de crianças e que possui um grande número de espécies de animais, como girafas, macacos, usos, aves, etc.

Saindo do zoo, vá até o Jardim Botânico de Buenos Aires. Outro passeio nas proximidades é o Museu Evita, que conta a história de Eva Perón. A atração é bem imersiva e indicada para quem deseja se aprofundar na história argentina.

Onde comer? Amantes de um bom hambúrguer vão curtir uma visita ao Burger Joint. O lugar tem, simplesmente, o melhor lanche de Buenos Aires e é uma boa pedida para refeições rápidas na região de Palermo Soho. Já, a La Fábrica de Tacos, é um bom restaurante para comer comida mexicana. O mais legal é que o lugar é comandado por mexicanos, o que garante um retrato bem fiel da culinária desse país.

O La Cabrera figura entre os melhores restaurantes da América Latina. E, só por isso, já é um sucesso. Desde o atendimento até as carnes, tudo é impecável. O El Preferido de Palermo é bem tradicional por aqui. Com um ambiente bem cool e colorido, vale destacar também o arroz com calamares, milanesas e o pastel de papas. Quer provar uma parrilla bem clássica do bairro? Visite o Don Julio, que tem preços camaradas e boa qualidade!

Na região de Palermo Soho vale dar uma esticadinha também até a feirinha da praça Serrano. Com suas barraquinhas e lojinhas, é um bom lugar para comprar roupas e artigos de moda produzidos por designers locais. E por falar em produtos locais, outra feira legal para visitar na região é a Feira de Artesanato Palermo Viejo, que se estende pela praça Armênia. Mas fique atento: as feirinhas só funcionam aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h.

Continuando com as compras, Palermo Soho pode ser um paraíso para isso, uma vez que aqui estão vários outlets. A Villa Crespo, nos arredores da avenida Córdoba, conta ainda com opções de lojas que vendem artigos em couro e produtos típicos da Argentina. Com bons preços e um bom leque de opções de lojas, essa é a melhor região para quem deseja compras jaquetas, carteiras, calçados e tudo o que envolver a produção de couro argentina. Vale a pena reservar alguns pesos para gastar por aqui.

Após as compras, se sobrar um tempinho, volte para a avenida 9 de Julio para visitar o Teatro Colón, a principal casa de ópera da cidade. Com uma arquitetura requintada, o prédio é também bem funcional. Não à toa, é considerado um dos cinco melhores teatros do mundo em se tratando de acústica. Tudo isso atestado por Luciano Pavarotti. E assim concluímos uma temporada bem produtiva de passeios pela terra do tango.

 Tente se programar para assistir uma apresentação neste que é um dos melhores teatros do mundo

 

 

Texto da Hoteis.com

 

Passeio de bike em pontos turísticos de Buenos Aires

 

Click to listen highlighted text!