Procura por intercâmbio remunerado só aumenta

Intercambio

A Irlanda, por exemplo, permite que o intercambista trabalhe 20 horas semanais com um visto de estudante.

Atualmente, Irlanda é o país europeu com maior facilidade de entrada, intercambio, para quem deseja estudar e trabalhar e, por isso, destinos como a capital Dublin ganhou a atenção dos brasileiros.

Aliar os estudos a um trabalho remunerado é o sonho da maioria dos intercambistas, seja para ajudar nos custos do dia a dia ou para vivenciar uma experiência na área de atuação no exterior.

Entre os destinos mais procurados que possibilitam e facilitam essa prática, estão a Irlanda, a Austrália e o Canadá.

Além do tradicional curso de inglês, as oportunidades na área de tecnologia são as que mais se destacam, especialmente para quem está de olhos abertos para o mercado profissional europeu.

De acordo com Eduardo Giansante, Gerente Global no Dropbox da Irlanda, muitas empresas, hoje, por conta da questão das mudanças nas leis de privacidade na Europa, estão começando a pensar em como montar sua infraestrutura dentro do continente em países que tenham mais rigor com questões relacionadas a armazenamento de dados.

Daí é que surgem as oportunidades de vagas para estrangeiros.

Os players de serviços financeiros, com operações duplas no Reino Unido e na Irlanda, provavelmente criarão equipes maiores na Ilha Esmeralda, para apoiar a presença da União Europeia e aumentar o potencial de novas operações da indústria e investimentos diretos.

O emprego setorial de IDE (Investimento Direito Estrangeiro) continuará forte nos setores de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação), engenharia, ciência e análise de dados.

O foco das empresas estrangeiras é encontrar profissionais bem capacitados, uma vez que as vagas estão cada vez mais competitivas, o que por um lado também motiva os interessados em intercâmbio no exterior a procurar pela melhor oportunidade durante a viagem.

O Brasil é o país da América Latina que mais envia intercambistas para o exterior.

São cerca de 300 mil estudantes por ano. Os dados mostram que o crescimento do número de brasileiros na Irlanda, nos últimos cinco anos, foi de mais de 50%.

Entre as cidades mais requisitadas pelos intercambistas, estão Dublin, Cork, Galway e Limerick.

Atualmente, muitos blogs e sites têm se dedicado a incentivar e mostrar as oportunidades que esses países proporcionam.

Com dez anos de experiência, o E-Dublin, por exemplo, é um dos portais que trazem informações e dicas, com conteúdo focado para quem deseja realizar um intercâmbio na Irlanda.

Nos diversos canais do portal, é possível encontrar e esclarecer diversas dúvidas sobre a burocracia, o dia a dia como estudante no país, além de diversos aspectos que envolvem a experiência de viver no exterior.

Para celebrar os 10 anos de Irlanda e as comemorações de St. Patrick, que é o festival irlandês mais celebrado no mundo, o E-Dublin promoverá em São Paulo, no próximo dia 10 de março, o E-Dublin XP.

O evento que está em sua segunda edição é focado 100% nas oportunidades de estudos e trabalho remunerado na Irlanda.

A programação contará com palestras sobre temas relacionados à vida no exterior, trabalho, estudos e oportunidades profissionais.

Além disso, os participantes também terão a oportunidade de degustar comidas, bebidas, além de apresentações artísticas tipicamente irlandesas.

E-Dublin XP II será realizado no Teatro Gazeta, na cidade de São Paulo e os ingressos já estão à venda através do site do evento.

 

Relacionado ao assunto

Como planejar um intercâmbio para 2018?